10/03/2013

Da expansão comercial do português

Fonte: obuscar.com

Chega-nos a notícia que o rio atlântico (tal como diz Onésimo Teotónio de Almeida) está cada vez mais estreito.

O trabalho não chega por uma empresa portuguesa ou brasileira, mas pelas mãos da maior empresa editorial do mundo, a Penguin/Random House que passou a representar e a distribuir em Portugal, Espanha e Itália algumas das mais importantes marcas de editoras do nosso muito grande irmão Brasil.

Entre as editoras, refira-se o catálogo completo dos grupos Companhia das Letras,  Elsevier e Ediouro e Pensamento, para além das gigantes Madras e L&PM (de onde se destaca os livros de manga da Shogakukan ainda por explorar devidamente em Portugal e que esperamos que possam viajar até cá).

Não se trata de um serviço de importação, tal como a Dinalivro o faz, e bem, há muitos anos, mas de distribuição dessas editoras cá.

Sem comentários:

Publicar um comentário